Localizado no Ceará, o Geopark Araripe é o primeiro geoparque das Américas reconhecido pela Unesco e é também o local que contém a principal jazida de fósseis cretáceos do do Brasil, incluindo a maior concentração de vestígios de pterossauros do mundo, além de vinte ordens diferentes de insetos fossilizados com idade de aproximadamente 110 milhões de anos.

Acontece que, de acordo com uma apuração do Jornal o Povo, do estado do Ceará, fósseis do geopark estão sendo vendidos através de lojas virtuais e físicas nos Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Espanha. O “público-alvo” dos vendedores são os colecionadores e ou as instituições de pesquisa e museus. No site eBay, por exemplo, foi encontrado um anúncio do vendedor alemão Michael Baudendistel, que diz: “centenas de fósseis da mundialmente famosa formação Santana”.

De acordo com Álamo Saraiva, pesquisador e coordenador do Laboratório de Paleontologia da  Universidade Regional do Cariri, alerta que nenhum fóssil do Geopark Araripe possui origem legal. Segundo ele, “A procedência é criminosa, não existe aval ou documentação de instituição pública daqui que respalde a saída do território nacional”. Numa troca de mensagens de e-mail, o vendedor alemão contou a seguinte história: “os peixes são da Formação Santana. Meu tio trabalhou lá (na Chapada do Araripe) como geólogo e trouxe em 1970. Garanto a autenticidade”. Mesmo assim confirmou não ter os certificados de nada que oferece.

Por R$1.710,46 está anunciado um fóssil com a seguinte descrição: “um peixe que vivia desde o Jurassic, 160 milhões de anos antes do fim do Cretáceo. Eles tinham corpos semelhantes a torpedos, o que permitia uma perseguição relâmpago, muito semelhante à barracuda de hoje”. Fingindo querer comprar o fóssil, um representante de O Povo questionou ao alemão como fariam para não serem acusados de tráfego caso ocorresse um envio da Alemanha para o Brasil. A resposta foi: “acho que não podemos fazer”.

No Reino Unido, uma loja de nome Fine-fossils faz a oferta de um Enneles audax com preço de $5.250,00 ou aproximadamente R$16.269,74. O anúncio diz: “Fóssil de peixe. Foi descoberto na Formação Santana, no Ceará, no Nordeste do Brasil, datado do Cretáceo Inferior”.

Com preocupação “zero” em relação a terem traficado o material do Brasil, a Fine-foosils afirma: “no futuro será muito mais difícil oferecer esses fósseis espetaculares, pois há movimentos em marcha para tornar a formação (Santana), e seu registro fóssil, em uma área protegida”. E completa ainda com: “Este é um fóssil supergrande, um item de exibição maravilhoso para a casa ou escritório, ou uma excelente adição para uma coleção”.

Fonte: O Povo

Imagem